O Comitê Permanente de Desenvolvimento Social (CP10) completa um ano de atuação em João Monlevade e se consolida como elemento para melhoria de João Monlevade e do bem comum. A iniciativa da Associação Comercial Industrial e de Prestação de Serviços de João Monlevade (Acimon) é o maior programa coletivo que pensa, debate e apresenta propostas para o desenvolvimento do município nos últimos anos.
Com a participação de representantes de 19 entidades e instituições, em um trabalho voluntário, os integrantes são divididos em seis Câmaras temáticas: Programa de Inovação, Programa da Governança, Programa Permanente de Qualificação, Bem-Estar e Produção de Cultura, Sustentabilidade Ambiental e Posicionamento e Fortalecimento do CP10. Apesar da sua importância, não há representantes da Prefeitura no Comitê.
Na noite de terça-feira (29), o presidente Davi Roosevelt Júnior apresentou, durante plenária do CP10, os avanços da entidade e projetou os próximos passos. “Após um ano, temos parâmetros a serem seguidos neste novo ciclo da entidade”, destacou. Entre esses, ele citou o Viva Monlevade, evento que reuniu entidades e promoveu uma série de ações na cidade no mês de maio de 2019 e projetos de cada uma das Câmaras Técnicas.
Um desses, é a implantação do projeto Escola Cidadã, em parceria com a OAB e Secretaria Municipal de Educação, levando noções básicas de cidadania e Direito a estudantes de escolas públicas. Outras ações planejadas é a implantação de um Programa de Aceleração de Startup’s , fomentando o empreendedorismo em João Monlevade. Há ainda ações nas áreas de meio ambiente, como um Fórum de Sustentabilidade e trabalhos para a melhoria da gestão de resíduos sólidos, entre outras ações. (Fonte: A Notícia)

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário